Uncategorized

Você sabe como é feito um vinho rosé?

Os vinhos rosés têm entrado cada vez mais na vida dos brasileiros. Mas afinal, você sabe como é feito um vinho rosé?

Um equívoco muito comum entre os consumidores é de que o vinho rosé é produzido apenas pela mistura de vinho tinto e vinho branco, mas na verdade isso só acontece em casos excepcionais. Historicamente, os vinhos rosés são produzidos por vários processos diferentes, mas hoje em dia apenas dois métodos são de uso geral: por prensagem direta ou maceração curta.

A técnica preferida é uma maceração curta do suco com as peles das uvas de cor escura logo após o esmagamento, na prensa ou em um tanque, por um período suficiente para extrair a quantidade necessária de cor ou antocianinas. O suco é então separado das peles por drenagem ou prensagem, e a fermentação prossegue como na vinificação do vinho branco.

Já no método de prensagem direta, as uvas tintas são prensadas delicadamente (tal como na produção de vinhos brancos) permitindo que o mosto seja levemente colorido pelos pigmentos das cascas. Depois, ele segue para fermentação em branco (sem as cascas). Costuma resultar em vinhos delicados e de cores muito claras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *