The Crossings Pinot Noir 2011

Quantidade disponível em estoque: 41
"Cor vermelho-rubi escuro, rico e moderadamente profundo, com tonalidades púrpuras juvenis. O buquê é macio, largo e volumoso com camadas de flores vermelhas e frutas vermelhas harmoniosamente entrelaçadas com ameixa vermelha e nuances de especiarias. Corpo médio, sabores suaves de frutos de bagas vermelhas e florais vermelhos formam um núcleo arredondado e uma linha de palato. Acidez laçada e taninos suaves aumentam a profundidade e a presença, e os sabores aumentam a riqueza, revelando atraentes notas de especiarias de carvalho. A sensação positiva no paladar e as texturas levam os sabores a um final muito longo. Este é um Pinot Noir suave apimentado e harmonioso, frutas vermelhas, que cresce em riqueza e textura. Combine com cozinha asiática.""

17,5 + / 20 Raymond Chan Wine reviews New Zealand

à vista

R$99,00

3x sem juros R$33,00

Cálculo do Frete

O preço pode variar um pouco dependendo do valor da compra ou do tamanho do pedido.

Informe seu CEP para calcular o valor da entrega.

Frete Grátis em pedidos com valor acima de R$300 para as regiões Sul e Sudeste

Uva
Tipo de Uva
Pinot Noir
Alcóol
Teor Alcoolico
14%
Pontuação
Pontuação
17.5+ / 20
RC
Queremos saber sua opinião

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se

Informação Adicional
Descrição

Chegamos ao The Crossings em 2002, após uma jornada de desenvolvimento de sete anos. Isso começou em 1995, quando um local excepcional na parte superior do Vale do Awatere foi identificado. O local, com suas enormes falésias de argila agindo para prender o calor, sua baixa incidência de geadas e os suaves solos de cascalho, foi perfeito para produzir vinhos Awatere clássicos de excelente qualidade.

O primeiro desenvolvimento de vinhedos foi possível graças ao investimento de um grupo de neozelandeses, cada um compartilhando um interesse em vinho e o desejo de investir nesta oportunidade única. Os juros foram suficientes para permitir o desenvolvimento de mais dois vinhedos de Awatere para complementar a vinha inicial em termos de terroir e sabor proveniente das uvas cultivadas em cada local. Em 2000, havia mais de 400 investidores entusiastas interessados ​​nos vinhedos e nos empreendimentos vitivinícolas, cada um dos quais chamava The Crossings de "nosso vinho". Desde o início, The Crossings tinham terra excelente, grandes vinhedos, tremendo apoio e uma equipe dedicada para reunir os ingredientes cruciais para produzir vinhos de excelente qualidade. Os primeiros vinhos produzidos em 2001 mostram o caráter das vinhas e a filosofia do vinho e da viticultura da The Crossings. Veja o que queremos dizer; Abra uma garrafa e silenciosamente explore os cantos deste magnífico vale em seu próprio tempo.

O vinho envelheceu 7 meses em 25% novas barricas de carvalho francês.

New Zealand Wine Producer of the Year International Wine & Spirit Competition 2014

Preço R$99,00
Tipo de Vinho Tinto
Tipo de Uva Pinot Noir
Safra 2011
Pontuação 92 Pontos
Países ou Regiões Nova Zelândia
Teor Alcoólico 14%

Descrição do Produto

Chegamos ao The Crossings em 2002, após uma jornada de desenvolvimento de sete anos. Isso começou em 1995, quando um local excepcional na parte superior do Vale do Awatere foi identificado. O local, com suas enormes falésias de argila agindo para prender o calor, sua baixa incidência de geadas e os suaves solos de cascalho, foi perfeito para produzir vinhos Awatere clássicos de excelente qualidade.


O primeiro desenvolvimento de vinhedos foi possível graças ao investimento de um grupo de neozelandeses, cada um compartilhando um interesse em vinho e o desejo de investir nesta oportunidade única. Os juros foram suficientes para permitir o desenvolvimento de mais dois vinhedos de Awatere para complementar a vinha inicial em termos de terroir e sabor proveniente das uvas cultivadas em cada local. Em 2000, havia mais de 400 investidores entusiastas interessados ​​nos vinhedos e nos empreendimentos vitivinícolas, cada um dos quais chamava The Crossings de "nosso vinho". Desde o início, The Crossings tinham terra excelente, grandes vinhedos, tremendo apoio e uma equipe dedicada para reunir os ingredientes cruciais para produzir vinhos de excelente qualidade. Os primeiros vinhos produzidos em 2001 mostram o caráter das vinhas e a filosofia do vinho e da viticultura da The Crossings. Veja o que queremos dizer; Abra uma garrafa e silenciosamente explore os cantos deste magnífico vale em seu próprio tempo.


O vinho envelheceu 7 meses em 25% novas barricas de carvalho francês.


New Zealand Wine Producer of the Year International Wine & Spirit Competition 2014