Langmeil Hangin' Snakes Shiraz Viognier 2012

Quantidade disponível em estoque: 2


Um vinho encorpado e muito elegante. Destaque para a típica ameixa e frutas do bosque do Shiraz e as delicadas notas florais e de damasco
do Viognier. O paladar é rico e picante com um revestimento longo e muito equilibrado.

à vista

R$269,00

3x sem juros R$89,67

Cálculo do Frete

O preço pode variar um pouco dependendo do valor da compra ou do tamanho do pedido.

Informe seu CEP para calcular o valor da entrega.

Frete Grátis em pedidos com valor acima de R$300 para as regiões Sul e Sudeste

Uva
Tipo de Uva
Syrah
Alcóol
Teor Alcoolico
14,5%
Pontuação
Pontuação
92
FW
Queremos saber sua opinião

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se

Informação Adicional
Descrição Langmeil é uma das mais histórias vinícolas de grande sucesso do Barossa Valley. As primeiras vinhas foram plantadas na propriedade em 1843 por um colono alemão, Christian Auricht. A propriedade foi comprada em 1996 pela empresa local Lindner and Bitter Families que restaurou meticulosamente a adega e principalmente a reputação da marca. Surpreendentemente, as videiras de 1843 estão ainda vivas e produzindo. Eles acreditam possuir as mais antigas vinhas de Shiraz (pé-franco) do mundo. Apelação Barossa Valley - Composição 96% Shiraz / 4% Viognier As uvas deste blend são predominantemente de vinhas com solo de barro vermelho sobre profundo calcário, argila preta e aluvião. A colheita é realizada entre final de março e início de abril. Após fermentação o vinho estagia por 12 meses em barris de carvalho francês (90%) e americano (10%)
Preço R$269,00
Tipo de Vinho Tinto
Tipo de Uva Syrah
Safra 2012
Pontuação Não pontuado
Países ou Regiões Austrália
Teor Alcoólico 14,5%

Descrição do Produto

Langmeil é uma das mais histórias vinícolas de grande sucesso do Barossa Valley. As primeiras vinhas foram plantadas na propriedade em 1843 por um colono alemão, Christian Auricht. A propriedade foi comprada em 1996 pela empresa local Lindner and Bitter Families que restaurou meticulosamente a adega e principalmente a reputação da marca. Surpreendentemente, as videiras de 1843 estão ainda vivas e produzindo. Eles acreditam possuir as mais antigas vinhas de Shiraz (pé-franco) do mundo.


Apelação Barossa Valley - Composição 96% Shiraz / 4% Viognier

As uvas deste blend são predominantemente de vinhas com solo de barro vermelho sobre profundo calcário, argila preta e aluvião.
A colheita é realizada entre final de março e início de abril.

Após fermentação o vinho estagia por 12 meses em barris de carvalho
francês (90%) e americano (10%)