Georges Duboeuf Beaujolais-Village 2015

Quantidade disponível em estoque: 28
"Cerejas pretas marcantes e um pouco de iogurte no nariz, acompanhados por um corpo de médio a pleno, taninos suaves e um final suculento. Tons de telha. Muito tânico. Precisa de um a dois anos para ficar mais suave, mas algumas pessoas podem gostar de experimentar a sensação firme na boca ao beber agora. "

James Suckling 91 Pts

De: R$121,00

Por: R$79,00

3x sem juros R$26,33

Cálculo do Frete

O preço pode variar um pouco dependendo do valor da compra ou do tamanho do pedido.

Informe seu CEP para calcular o valor da entrega.

Frete Grátis em pedidos com valor acima de R$300 para as regiões Sul e Sudeste

Região
Região
Franca
Uva
Tipo de Uva
Gamay
Alcóol
Teor Alcoolico
13%
Pontuação
Pontuação
91
JS
Queremos saber sua opinião

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se

Informação Adicional
Descrição Por quase 40 anos, Georges Duboeuf foi o "négociant" de Beaujolais mais famoso da região e hoje é considerado como o “Rei de Beaujolais” no mundo dos vinhos. Nascido em Pouilly-Fuissé, em 1933, filho de um produtor de vinhos, Georges levava os vinhos de sua família em sua bicicleta para vender a chefs locais, agora lendários, como Paul Blanc. Em 1964, Georges realizou o seu sonho e fundou sua própria empresa: Les Vins Georges Duboeuf. Ao longo dos anos, Georges desenvolveu relacionamentos duradouros com os melhores produtores e fabricantes de vinhos da região. Envolveu-se em cada aspecto de seu empreendimento e tornou-se conhecido por sua paixão e palato lendário. Em 2003, a família Duboeuf abriu uma nova e moderna vinícola em Romanéche-Thorins. No ano seguinte, as famílias Duboeuf e Deutsch compraram juntas a Château des Capitans, em Juliénas. Com uma venda anual de 30 milhões de garrafas, Georges Duboeuf é uma das marcas de vinho francês mais famosas no mundo. "Safras históricas não ocorrem com muita frequência para os Beaujolais franceses, mas produtores de vinhos estão comparando a atual safra de 2015 com a lendária de 1947, um ano quente e seco que produziu vinhos extremamente ricos e previsão de longa vida. Tendo em vista as opiniões sobre a degustação de 150 vinhos desta região, eles devem estar certos. A safra de 2015 é rica em álcool e fruta, com um frescor natural. Muitos eram vinhos fantásticos com uma profundidade incrível de fruta e taninos maduros. Degustando lado a lado com os de 2014 e 2016, os de 2015 apresentaram profundidade e densidade superiores. O equilíbrio das frutas, a estrutura e a acidez são irresistíveis. “As pessoas dizem que 2015 é igual a 1947, mas eu estive realmente lá em 1947”, lembra Georges Duboeuf, de 84 anos, patriarca da famosa empresa de Beaujolais. “Lembro-me das uvas que estavam fermentando em nossos tonéis de madeira, em Pouilly-Fuisse, e eles eram tão quentes que minha avó me obrigou a ir até o mercado local para comprar gelo e pôr em sacos plásticos para “refrescar” as fermentações. Não posso dizer que 2015 está no mesmo nível, mas é excepcional. Tudo foi excelente em 2015”. James Suckling
Preço R$121,00
Tipo de Vinho Tinto
Tipo de Uva Gamay
Safra 2015
Pontuação 91 Pontos
Países ou Regiões França
Teor Alcoólico 13%

Descrição do Produto

Por quase 40 anos, Georges Duboeuf foi o "négociant" de Beaujolais mais famoso da região e hoje é considerado como o “Rei de Beaujolais” no mundo dos vinhos. Nascido em Pouilly-Fuissé, em 1933, filho de um produtor de vinhos, Georges levava os vinhos de sua família em sua bicicleta para vender a chefs locais, agora lendários, como Paul Blanc. Em 1964, Georges realizou o seu sonho e fundou sua própria empresa: Les Vins Georges Duboeuf.

Ao longo dos anos, Georges desenvolveu relacionamentos duradouros com os melhores produtores e fabricantes de vinhos da região. Envolveu-se em cada aspecto de seu empreendimento e tornou-se conhecido por sua paixão e palato lendário. Em 2003, a família Duboeuf abriu uma nova e moderna vinícola em Romanéche-Thorins. No ano seguinte, as famílias Duboeuf e Deutsch compraram juntas a Château des Capitans, em Juliénas. Com uma venda anual de 30 milhões de garrafas, Georges Duboeuf é uma das marcas de vinho francês mais famosas no mundo.
"Safras históricas não ocorrem com muita frequência para os Beaujolais franceses, mas produtores de vinhos estão comparando a atual safra de 2015 com a lendária de 1947, um ano quente e seco que produziu vinhos extremamente ricos e previsão de longa vida. Tendo em vista as opiniões sobre a degustação de 150 vinhos desta região, eles devem estar certos.

A safra de 2015 é rica em álcool e fruta, com um frescor natural. Muitos eram vinhos fantásticos com uma profundidade incrível de fruta e taninos maduros. Degustando lado a lado com os de 2014 e 2016, os de 2015 apresentaram profundidade e densidade superiores. O equilíbrio das frutas, a estrutura e a acidez são irresistíveis.

“As pessoas dizem que 2015 é igual a 1947, mas eu estive realmente lá em 1947”, lembra Georges Duboeuf, de 84 anos, patriarca da famosa empresa de Beaujolais. “Lembro-me das uvas que estavam fermentando em nossos tonéis de madeira, em Pouilly-Fuisse, e eles eram tão quentes que minha avó me obrigou a ir até o mercado local para comprar gelo e pôr em sacos plásticos para “refrescar” as fermentações. Não posso dizer que 2015 está no mesmo nível, mas é excepcional. Tudo foi excelente em 2015”. James Suckling