Escorihuela Pequeñas Producciones Malbec 2015

Quantidade disponível em estoque: 16


"Um nariz complexo e rico com aromas doces de carvalho americano dominando e cereja preta. Forte e rico no palato com taninos estruturados e um final com aroma de chocolate preta.""

96 Pts Decanter Asian Wine Awards

De: R$239,00

Por: R$200,00

3x sem juros R$66,67

Cálculo do Frete

O preço pode variar um pouco dependendo do valor da compra ou do tamanho do pedido.

Informe seu CEP para calcular o valor da entrega.

Frete Grátis em pedidos com valor acima de R$300 para as regiões Sul e Sudeste

Região
Região
Mendonza, Argentina
Uva
Tipo de Uva
Malbec
Maturação
País
12 meses em barricas de carvalho francês e americano e mais 2 anos na garrafa.
Alcóol
Teor Alcoolico
14%
Harmonização
Harmonização
Carne Vermelho - Churrasco - Queijos
Pontuação
Pontuação
96
DEC
Queremos saber sua opinião

Apenas usuários registrados podem comentar. Por favor, identifique-se ou cadastre-se

Informação Adicional
Descrição A história da bodega remonta 1880, quando Miguel Escorihuela Gascón, então com 19 anos, imigrou da Espanha para a Argentina. Depois de um curto período na capital, Miguel mudou-se para Mendoza, onde adquiriu 17 hectares de terra e iniciou a construção da vinícola. Em 1993, após a sua morte, Nicholas Catena herdou o negócio, investindo na modernização da produção para adequá-la às exigências do mercado atual, tornando-a reconhecida mundialmente. Atualmente, a vinícola mantém seu charmoso prédio de origem, com um renomado restaurante, chamado 1884, e porões. É a produção mais antiga da região e de maior prestígio no país. A fórmula para o sucesso e a elaboração de vinhos de alta qualidade são alguns fatores que o fundador considerava crucial: o cuidado com as vinhas, a tecnologia e a equipe de enólogos renomados e competentes.
Preço R$239,00
Tipo de Vinho Tinto
Tipo de Uva Malbec
Safra 2015
Pontuação 96 Pontos
Países ou Regiões Argentina
Teor Alcoólico 14%

Descrição do Produto

A história da bodega remonta 1880, quando Miguel Escorihuela Gascón, então com 19 anos, imigrou da Espanha para a Argentina. Depois de um curto período na capital, Miguel mudou-se para Mendoza, onde adquiriu 17 hectares de terra e iniciou a construção da vinícola. Em 1993, após a sua morte, Nicholas Catena herdou o negócio, investindo na modernização da produção para adequá-la às exigências do mercado atual, tornando-a reconhecida mundialmente. Atualmente, a vinícola mantém seu charmoso prédio de origem, com um renomado restaurante, chamado 1884, e porões. É a produção mais antiga da região e de maior prestígio no país. A fórmula para o sucesso e a elaboração de vinhos de alta qualidade são alguns fatores que o fundador considerava crucial: o cuidado com as vinhas, a tecnologia e a equipe de enólogos renomados e competentes.