A Vinícola Catena Zapata e Seus Segredos

Catena Zapata: Na típica paisagem árida de Mendoza, uma das maiores vinículas do novo mundo.

Catena Zapata, uma das principais vinícolas da América do Sul, percorre a típica paisagem árida da região de Mendoza, na Argentina. Fundada em 1902 pelo imigrante italiano Nicola Catena e passada para seu filho Domingo alguns anos depois. Nicolás Catena Zapata, filho de Domingo, foi o primeiro a introduzir técnicas de vinificação européias na Argentina, incluindo a introdução do Malbec e o cultivo de videiras em altas atitudes, sendo este um dos maiores segredos da vinícola. A Filha de Nicolás Catena, Laura Catena, além de outros membros da família também são elementos super importantes na história da Catena.

Laura e Nicolás Catena trabalharam incansavelmente durante a última década no descobrimento dos melhores micro-climas das zonas altas de Mendoza. A busca pela qualidade levou Nicolás e laura a um crucial descobrimento no que se refere a cultivo da videira em Mendoza.

Assim como um artista emprega seu espirito criativo a criação de suas obras, a ampla variedade de lotes de uvas diferentes, tem permitido aos enólogos da Catena Zapata adentrar nesse criativo e complexo processo de seleção dos cortes para a criação final dos vinhos.

Construída no final dos anos 1990, a vinícola Catena tem projeto inspirado na arquitetura Inca. A construção reproduz uma pirirâmide maia, constrariando o estilo comum a boa parte das vinícolas do mundo, que se inspiram gealmente na arquitetura italiana ou francesa.

Nicolás e Laura Catena: Os principais nomes da vinícola.

Laura Catena

Formada com honras pela Universidade de Harvard, decidiu incutir na equipe da vinícola o método de pesquisa e estudo, o que ela chama de “Ciência da Compreensão da natureza.” Com a ajuda de outros nomes importantes na cena do vinho, Laura criou o Catena Institute of Wine. Desde então, as Catenas realizam forte pesquina com o objetivo de conhecer melhor o terroir argentino, as características de Mendoza, e estudar todos os aspectos de seus vinhedos com o objetivo final de fazer vinhos argentinos que pudessem estar ao lado dos melhores do mundo.

Nicolás Catena

Nicolás Catena Zapata é justamente creditado por colocar vinhos argentinos no mapa mundial – por se concentrar inteiramente na qualidade. Considerado um homem de visão, de alto intelecto e sempre curioso sobre os outros e sobre como o mundo está se desenvolvendo. Nicolás Catena é um elemento fundamental na cena do vinho argentino. Ele inspirou uma região inteira a lutar por un nível mais alto de qualidade por sua exploração bem sucedida de vinhedos de alta atitude e rigorosa seleção clonal.

Os Principais vinhos da Catena Zapata

Em toda sua trajetória de sucesso, a Catena Zapata coleciona grandes produções em seu portfólio. Entre estas, estão: Catena Malbec 2016,
D.V. Catena Malbec-Malbec 2014,  Catena Zapata Malbec Argentino 2012, Catena Zapata Alamos Torrontés 2017 e muitos outros grandes rótulos. Confira abaixo uma seleção especial de vinhos da Vinícola Catena com grandes preços:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *